"Sing! My angel of music..."

Friday, May 11, 2007


[...] que é suave de uma suavidade que nenhuma outra iguala, que não é a passiva qualidade às vezes designada por esse nome e sim uma suavidade ativa, explosiva, sobrepassando toda violência, capaz de despedaçar a pedra mais dura e, mais duro do que a pedra, o coração humano.

0 Comments:

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home